Seja Bem Vind@, Alta Floresta -

Procurando algo, pesquise aqui:

MT se destaca no cenário nacional em formação tecnológica

segunda-feira, 29 de outubro de 2012

        
 
         Para dinamizar o emprego de práticas tecnológicas na organização e execução do trabalho pedagógico nas 734 escolas da rede estadual, Mato Grosso tem investido maciçamente na formação continuada dos profissionais em tecnologia educacional por meio do Programa Nacional de Tecnologia Educacional (Proinfo), o que lhe garante a primeira classificação no ranking brasileiro em 2012.
          Por meio de um ambiente virtual de aprendizagem, a plataforma denominada e-proinfo, material impresso e também em DVD, são disponibilizados cursos de Introdução à Educação Digital (IED), Tecnologia na Educação: Ensinando e Aprendendo com as TIC, e Projeto Integrado de Tecnologia ao Currículo (Pitec). 

           No cenário nacional, Mato Grosso aparece em primeiro lugar com as formações já ofertadas  por IED com 26.934 pessoas. Em TIC, com 18.429 e no Pitec com 8.347. Os dados são do Proinfo. Atualmente, 8.250 pessoas participam de algum dos cursos disponibilizados. Nos últimos quatro anos (2009/2012), o Estado possibilitou a capacitação de 53 mil servidores públicos (rede estadual, municipal e federal). Desse montante, cerca de 60% desenvolvem ou atuam na esfera estadual.
        “Esses cursos possibilitam ao professor conhecer mais sobre softwares, hardwares, a empregabilidade de blogs, que gera ambientes colaborativos de aprendizagem”. A avaliação é do coordenador estadual de Formação em Tecnologia Educacional da Secretaria de Estado de Educação (Seduc), Edevamilton Oliveira.

          Ele pontua ainda que os  cursos são  ministrados em todo o Estado por meio dos 15 Centros de Formação e Atualização de Professores (Cefapros). O curso em TIC é semi-presencial com carga horária de 100 horas ( 40% presencial e 60% à distância). O IED é o Pitec possuem grade curricular de 40 horas (sendo 40% presencial e 60% à distância).

         Segundo Edevamilton, “o objetivo é a  promoção da integração dos currículos”. 



PATRÍCIA NEVES
Assessoria/Seduc-MT

Postagem: Damião de Souza Santos

Nenhum comentário:

Comente você também sobre este assunto.