Seja Bem Vind@, Alta Floresta -

Procurando algo, pesquise aqui:

Fórum debate formação inicial e continuada dos profissionais da educação

sexta-feira, 10 de fevereiro de 2012

A apresentação da política e das diretrizes nacionais de Formação Inicial e Continuada dos profissionais da educação, bem como a atualização das demandas por implantação de mais pólos da Universidade Aberta do Brasil (UAB), em Mato Grosso foram temas da 15º reunião do Fórum Estadual Permanente de Apoio à Formação Docente do Estado.
A atividade realizada nesta quinta-feira (09.02) na Secretaria de Estado de Educação (Seduc) contou com a presença da diretoria de Articulação dos Sistemas de Ensino (DASE) do Ministério da Educação (MEC), Flávia Nogueira, que fez uma breve apresentação das propostas de formação para 2012. Ela informou que o Programa de Desenvolvimento da Escola (PDE) Interativo instituído pelo MEC, será utilizado este ano como reforço das ações de formação continuada.
A partir do PDE Interativo as escolas apresentarão ao Fórum Estadual e às instituições formadoras as suas demandas de cursos formativos. O Plano servirá como instrumento de planejamento plurianual (de quatro anos) para as unidades de ensino e elas deverão utilizá-lo em parceria com o Plano de Ações Articuladas (PAR).
Conforme explica a Secretária Adjunta de Políticas Educacionais da Seduc, Fátima Resende, o PDE Interativo juntamente com o PAR serão dois dos principais instrumentos do processo de formação. “Por meio do PDE as escolas apresentarão as suas necessidades formativas. E o financiamento dos cursos será garantido com os recursos previstos no PAR”.
Sobre a solicitação de aumento dos pólos da UAB, a superintendente de Formação da Seduc, Ema Marta Cintra relatou que há a perspectiva de que o MEC autorize a criação de mais 13 unidades no Estado. “Encaminhamos para o Ministério o pedido de aprovação dos novos pólos. Essa foi uma demanda aprovada na última reunião do fórum e ainda estamos aguardando a resposta”, contou.
Ao final da reunião, representantes da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) e Universidade do Estado de Mato Grosso (UNEMAT) (duas instituições formadoras) fizeram um balanço dos cursos de formação inicial (1º licenciatura) e continuada (2º licenciatura) que já estão sendo ofertados. Também houve debate e aprovação do calendário de reuniões ordinárias do Fórum para o primeiro semestre.
Além de Flávia Nogueira, Fátima Resende e Ema Marta, a 15º reunião contou a presença da assessora Especial da Seduc e presidente do Fórum Estadual de Educação, Rosa Neide Sandes de Almeida e de 22 membros que compõe o colegiado do Fórum de Formação.

VOLNEY ALBANO
Assessoria/Seduc-MT

Nenhum comentário:

Comente você também sobre este assunto.